Os benefícios do chá verde

O Chá verde é um tipo de chá feito a partir da infusão da erva Camellia Sinensis. É chamado de verde porque as folhas da erva sofrem pouca oxidação durante o processamento, o que não acontece com as folhas do chá preto.

A preparação do chá verde difere um pouco dos chás tradicionais. A água não deve estar fervendo, pois do contrário as folhas acabam sendo cozidas e proporcionando um gosto amargo à bebida. O tempo de infusão também não deve ser maior que 3 minutos. Pode ser consumido quente ou frio. A bebida pronta também pode ser misturada a outros chás (erva-doce, cidreira,...), batida com frutas e/ou a casca de frutas (laranja, tangerina, abacaxi, manga,...). Para quem não gosta do gosto, uma boa notícia: o chá verde também pode ser ingerido através de cápsulas, sob orientação de seu médico ou nutricionista.

  • A prevenção de câncer promovida pelo chá verde é atribuída aos flavonóides e às catequinas, que têm a capacidade de bloquear as alterações celulares que originam os tumores. Além de conter manganês, potássio, ácido fólico e as vitaminas C, K, B1 e B2, ele ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, já que os estudos associam o consumo diário deste chá a uma diminuição dos níveis sangüíneos de LDL, que é a fração ruim do colesterol, e à melhora das condições das artérias. O tanino, substância presente nesta erva, é responsável pela diminuição de LDL.

  • É rico em flavonóides - substâncias antioxidantes que ajudam a neutralizar os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento celular precoce.

  • O chá verde acelera o metabolismo e ajuda no bloqueio do acúmulo de gordura na parede dos vasos sanguíneos. Um dos estudos foi realizado na Suíça com três grupos de pessoas que seguiram a mesma dieta. O resultado: o grupo que recebeu chá verde teve aumento de 4% na velocidade de combustão das calorias no organismo e de 5% na queima de calorias em relação aos outros dois grupos pesquisados. Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition, demonstrou que extrato de chá verde - que possui altas concentrações de antioxidantes como catequina, polifenóis e muitos outros compostos incluindo cafeína - pode aumentar a utilização de energia muito acima dos efeitos da cafeína pura.

    Pesquisadores acreditam ainda, que o hábito de beber chá em vez de café é um dos fatores responsáveis pelo menor índice de infarto em países do Oriente. E como se não bastasse, estudos vêem mostrando também que as substâncias presentes no chá verde ajudam a prevenir cáries, têm ação antiinflamatória e antigripal, ativam o sistema imunológico e regeneram a pele.

    É importante ressaltar, que apesar dos benefícios que o consumo diário de chá verde proporciona como o auxílio no processo de emagrecimento, é fundamental uma alimentação equilibrada e adequada as suas necessidades. Desta forma, o chá atuará como um coadjuvante na sua dieta.

    Ainda não existe um consenso sobre a quantidade ideal de chá verde diária a ser tomada. No entanto, a maioria dos estudos mostra que a quantidade em média a ser tomada de chá para que haja benefícios é de 4 xícaras diárias. A dose máxima diária permitida é de 1 litro. Atenção! A ingestão desenfreada deste chá pode causar efeitos colaterais por ele possuir cafeína, tais como insônia, irritabilidade, etc. Não é aconselhado para pessoas hipertensas (quem tem pressão alta), muito agitadas ou com problemas cardíacos.



Shalimar Carr Nogueira Diniz – Nutricionista –Personal Diet
CRN 09101097