Alimentação da gestante e saúde futura de seu filho

Gestantes: A Importância da Alimentação para garantir a saúde de seu filho hoje e futuramente!

O que acontece se você se alimenta mal durante a gestação:

  • Aumentam as chances dos filhos serem obesos e diabéticos na fase adulta.

Quando as mulheres ganham peso em excesso durante a gestação, a chance do bebê nascer pesado é muito maior. E se o bebê nascer com peso extra a probabilidade de ele ser um adulto obeso ou com sobrepeso é muito maior.

  • Contribui para o desenvolvimento de doenças cardíacas no filho.

Isso vai acontecer porque os bebês se alimentam através do cordão umbilical, ou seja, o que a mãe come o filho também come. Se a alimentação for ruim conseqüentemente o bebê será mal alimentado criando mais condições de adquirir alguma doença.

  • O bebê é afetado ainda na barriga e pode sofrer alterações genéticas.

Pesquisas vêem mostrando que uma dieta rica em calorias pode prejudicar a vida do bebê ainda na barriga da mãe. Um estudo feito pela Universidade de Missouri com duas mil gestantes com má alimentação, mostrou que os fetos do sexo feminino tiveram alterações genéticas (como doenças cardíacas) e os meninos (filhos de obesas) têm mais chance de serem obesos e terem diabetes que as meninas.

PARA TER UMA GESTAÇÃO SAUDÁVEL É MUITO IMPORTANTE:

- Manter uma dieta balanceaa (incluindo 6 ou 7 refeições diárias).
-Não ingerir bebidas alcoólicas.
-Fazer exercícios físicos comptíveis com o período de gestação.

 LEMBRAR SEMPRE DE:
- Beber água! Pelo menos 1,5 litros (entre as refeições e não junto delas).
- Ingerir todos os dias verduras, legumes e frutas. Três porções de frutas por dia é o mínimo recomendado.
-Comer proteína no almoço e jantar porque tem ferro e proteína (peixe, frango, carne ou ovo). Peixes gordos (salmão, atum, sardinha, arenque...) são ricos em ômega 3, importante para o desenvolvimento cerebral de seu filho.
- Ingerir alimentos ricos em fibras (aveia e alimentos integrais).

  • IMPORTANTE:

    Controle a ingestão de doces e carboidratos simples (pão branco, bolo, doces,...) para manter os níveis de glicose no sangue mais estáveis. Quando a glicose aumenta muito rápido na corrente sanguínea, pela ingestão de carboidratos simples, o bebê pode acumular camadas de gordura em excesso e ficar com a circunferência abdominal maior do que o necessário. E claro, prejudica a sua saúde também!

  • Fuja de refrigerantes e pratos gordurosos, fritos, com muito sal, feitos com farinha branca!

  • Seguindo essas dicas e tendo uma alimentação equilibrada, você estará aumentando bastante a chance de ter uma gestação tranqüila e de seu filho nascer com muita saúde.

    Um dia ele irá te agradecer...


Shalimar Carr Nogueira Diniz – Nutricionista –Personal Diet
CRN 09101097