Os dez passos para meu bebê ter uma alimentação saudável.

  1. - Dar somente leite materno até os seis meses, sem oferecer água, chás ou qualquer outro alimento.
  2. - A partir de seis meses, introduzir outros alimentos mantendo o leite materno até dois anos de idade ou mais.
  3. - Após seis meses, dar alimentos complementares (cereais, tubérculos, carnes, leguminosas, frutas, legumes) três vezes ao dia.
  4. - A alimentação complementar deve ser oferecida sem muita rigidez de horários, respeitando a vontade da criança.
  5. - A alimentação complementar deve ser espessa e oferecida desde o começo com a colher.
  6. - Utilizar alimentos de cores diferentes, variar!
  7. - Estimular o consumo diário de frutas, legumes e verduras nas refeições.
  8. - Não utilizar açúcar, café, enlatados, frituras, refrigerantes, balas, salgadinhos e usar pouquinha quantidade de sal.
  9. - Cuidar da higiene no preparo e manuseio dos alimentos.
  10. - Estimular a criança caso fique doente a se alimentar, oferecendo sua alimentação habitual e seus alimentos preferidos, respeitando sua aceitação.

OBSERVAÇÕES:

  • Introdução gradativa de “novos” alimentos.
  • Copos com bicos – 8 meses de idade
  • Os líquidos deveram ser oferecidos somente nos intervalos das refeições.
  • Colocar os alimentos no prato separadamente. Desta forma seu filho começará a conhecer bem os alimentos, textura, cores,...
  • Lavar as mãozinhas antes das refeições.
  • Evitar comentários negativos sobre os alimentos na frente da criança.
  • Crianças de um ano e seis meses devem ser estimuladas a comerem sozinhas com a supervisão de um adulto.
  • Sempre estimular! Nunca forçar.

  • PARA ESCLARECIMENTOS MAIS ESPECÍFICOS E PARAUMA ALIMENTAÇÃO PERSONALIZADA DE ACORDO COM NECESSIDADES INDIVUAIS, FALE COM SEU NUTRICIONISTA.





Shalimar Carr Nogueira Diniz – Nutricionista –Personal Diet
CRN 09101097